Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre o ácido hialurônico quando o assunto é cosmético para a pele. Sua função é muito importante para o nosso corpo e apesar de conter em diversos produtos e cosméticos, ele é produzido por nós mesmos.

Saiba mais ao longo dessa leitura.

O que é o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico trata-se de uma molécula de açúcar que nosso corpo produz. Seu grande diferencial que nos chama a atenção é o fato de ele ser um excelente umectante, já que ele suporta até mil vezes o seu peso, em quantidade de água!

Apesar de ser produzido pelo nosso organismo, ele pode diferenciar em relação à quantidade de uma pessoa para a outra, além de ir ficando escasso com o passar dos anos. A partir dos 25 anos, a produção do ácido hialurônico começa a diminuir devido ao envelhecimento celular e ao enfraquecimento do metabolismo.

No nosso corpo, encontramos esse ácido nas articulações e até mesmo no globo ocular (córnea, esclera e humor vítreo), mas é na pele que ele é encontrado em maior quantidade. É lá onde ele atua com maestria, sendo um preenchedor de espaços entre as células, que resulta em hidratação e elasticidade.

O que o ácido hialurônico faz?

Por ser a molécula mais volumosa da matriz extracelular, o ácido hialurônico é responsável por benefícios como regeneração, proliferação e reparação do tecido; atua com ação super hidratante e umectante, garantindo a absorção saudável da água na pele. Mas não é só isso: por preencher os espaços entre as células como explicamos acima, o ácido atua no preenchimento natural também de sinais e linhas de expressão, deixando a pele mais uniforme. E ah, ele também auxilia na redução de olheiras!

Uau!

Como posso usar o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico pode (e deve!) ser adicionado nas suas rotinas de skincare. Existem diversos produtos no mercado, como cremes, séruns, máscaras, géis e até mesmo maquiagens, que trabalham com essa super molécula.

Falando em molécula aí vai uma dica sobre isso: existem os pesos moleculares, que se diferenciam dependendo do produto que contém o ácido hialurônico. Para entender a diferença, basta saber que os produtos que contêm ácido hialurônico com peso molecular maior, acima de 1000 kilodaltons, ficam na superfície da pele e absorvem a água do ambiente, retendo para dentro da pele. Dessa forma, ela hidrata.

Já os de baixo peso molecular, com até 50 kilodaltons, penetram nas camadas da pele, provocando a produção de ácido hialurônico natural.

 

Eu posso usar o ácido hialurônico?

Sim! Esse tipo de ácido não tem contraindicações, principalmente por se tratar de um agente hidratante. Contudo, cada tipo de pele, necessita de um tipo de cuidado, por isso é sempre muito indicado a procura por um especialista para ter certeza das decisões cabíveis a tomar, de acordo com cada caso.

Uma recomendação é: grávidas e lactantes, conversem com seus médicos!

Em relação à pele, é muito importante que você sempre tenha em mente que pele saudável é pele hidratada, e isso não exclui as peles oleosas, pelo contrário. O que se faz necessário é a busca pelos produtos adequados para cada tipo de pele.