A aromaterapia é o estudo da terapia holística que desenvolve bem-estar e cura por meio o olfato. Quando inalamos, os canais olfativos mandam mensagem diretamente para o sistema límbico, a área do sistema nervoso que é responsável pelas emoções. Ao receber essa mensagem, o cérebro reage às propriedades aromáticas, transformando o humor e estado de espírito dessa pessoa. 

Por isso, os óleos essenciais, óleos retirados de plantas e frutos da natureza, que são ricos em propriedades aromáticas, são capazes de nos fazer sentir mais relaxados, mais felizes, mais despertos, mais calmos etc.! Porém, além dos óleos essenciais, existem os óleos vegetais. E você sabe qual é a diferença? 

Continue sua leitura e descubra! 

O que são óleos essenciais? 

Os óleos essenciais são retirados da parte aromática da planta. De fato, os óleos essenciais não são óleos em si, diferente do óleo vegetal, mas o chamamos assim por conta de essa substância ser solúvel em fase oleosa e não em água. 

A produção natural dos óleos essenciais nas plantas, ocorrem para sua proteção e reprodução. Pode ser encontrado nos caules, folhas, raízes, galhos, nas flores, troncos, sementes e até mesmo no casco das frutas. É chamado de “essencial” por ser considerado a essência da planta, já que são impressionantes: extremamente concentradas, essas substâncias são altamente complexas, podendo ultrapassar 300 componentes químicos em sua composição, nos quais, muitos deles, proporcionam benesses incontáveis à nossa saúde! 

Quais são os benefícios dos óleos essenciais para a saúde? 

Graças à potência dos seus ativos, os óleos essenciais são excelentes para a nossa saúde de várias maneiras. Podem ser utilizados para o sistema nervoso, causando alterações positivas em nosso humor, por meio do aroma. Mas também, oferecem benefícios à massa óssea e cartilagem, além de outras diversas funções em sistemas distintos do corpo, como:

Endócrino;

Respiratório; 

Límbico;

Tegumentar;

Nervoso;

Excretor;

Cardiovascular;

Muscular;

Digestório;

Imunológico. 

Quais são as principais propriedades do óleo essencial? 

O poder da natureza se manifesta claramente nessas substâncias, não é mesmo? Imagine que, todos esses benefícios ocorrem por conta das ricas propriedades dos óleos contido nas plantas, como por exemplo: bactericida, descongestionante, antibióticas, cicatrizantes, sedativas, fungicidas, analgésicas, antivirais, digestivas, inseticidas, calmantes, afrodisíacas, antitumorais e imune estimulantes. 

Ufa! É coisa boa que não acaba mais, né? 

O que são os óleos vegetais?

Lembra quando dissemos que os óleos essenciais não são óleos, de fato? No caso dos óleos vegetais é ao contrário, já que são gorduras do bem, retirados da natureza. São ácidos graxos repletos de ômegas, proteínas, sais minerais e vitaminas, que servem como hidratantes, cicatrizantes, umectantes, regeneradores do cabelo e da pele, e antioxidantes. 

Os óleos vegetais podem ser usados puros ou servirem como condutores dos óleos essenciais para o organismo. Principalmente porque os óleos essenciais não devem ser aplicados na pele puros, apenas se forem diluídos por carreador, como o óleo vegetal. Uma maneira em que comumente isso é feito, é por meio de misturinhas entre os óleos – essencial e vegetal – e friccionado na pele, através de uma massagem ou na aplicação nos fios e couro cabeludo. 

A extração do óleo vegetal acontece prensada a frio, retirado de frutos, castanhas, sementes, nozes e grãos. Diferente do óleo essencial que se armazena em pequenas bolsas nas plantas, chamadas de tricomas, que são rompidas naturalmente ou durante o processo da extração do óleo. 

Quais são os benefícios dos óleos vegetais?

Os óleos vegetais são bastante indicados para a aplicação na derme e cabelo. Sua recomendação é devida à afinidade que ocorre entre a gordura existente da nossa pele com os ácidos graxos. Daí, nasce uma combinação muito importante para o organismo, por conta da atuação na composição dos tecidos e na membrana celular, metabolizando hormônios. Quando massageamos o óleo vegetal na pele, ele penetra profundamente nas camadas da derme, alcançando a corrente sanguínea e atuando nas células. Já nos fios, o óleo vegetal atua como um hidratante, umectante e modelador, além de um forte agente de limpeza capilar!

Conclusão: qual a diferença entre óleo essencial e óleo vegetal? 

Por fim, ficou claro que a principal diferença entre o óleo essencial e vegetal é que não são a mesma coisa. Além da sua forma de extração e aplicação, cada tipo de óleo oferece um tipo benefício. Os óleos essenciais são riquíssimos em propriedades naturais, podendo ter funções que integram nosso bem-estar físico, psíquico e emocional, sendo muito usados em relação ao seu cheiro, na aromaterapia. Já os vegetais, atuam mais diretamente em nosso corpo físico, além de serem os melhores condutores dos óleos essenciais para nós. 

Para a prática de aromaterapia, por exemplo a AhoAloe oferece diversos aromas de óleos essenciais, confira aqui. Neste link, você também encontra opções de óleos vegetais! Confira.